Em entrevista à Rádio Brasil Atual, nesta quinta-feira (30/8), Arilson Wunsch, coordenador da Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental e presidente do Sindiágua-RS, comenta o Dia Nacional de mobilização contra a MP da Sede e da Conta Alta. A MP 844/2018 reformula o marco legal do setor de saneamento básico e oferece riscos para a população. Segundo Wunsch, a MP enfraquece as empresas públicas e aumenta impostos dos municípios mais pobres. “Essa MP desmancha qualquer possiblidade do saneamento público no país”, disse.

Ouça a entrevista completa:

Não vamos deixar que a MP do Saneamento seja aprovada pelo Congresso. 
Vamos à luta contra mais esse retrocesso proposto pelo governo ilegítimo.
Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.

ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Fechar Menu