Em informe, a Aeel – Associação dos Empregados da Eletrobras – aborda o comunicado da Eletrobras sobre a mudança da sede da empresa para o edifício Mário Bhering, na cidade do Rio de Janeiro, e ressalta o descaso com a integridade física dos trabalhadores.  “É um velho hábito da gestão egocêntrica e pouco transparente do senhor Pinto Junior.”  #ForaWilsonPintoJr

A entidade também está convocando plenário com os trabalhadores para esta quinta-feira (6/12), às 12h30.

Leia o informe na íntegra:

Mudança para “casa nova” mantém “velhos hábitos” da direção da Eletrobras

No Notícias nº 36, a Diretoria Executiva comunica a conclusão do processo de transferência dos trabalhadores e trabalhadoras para o Mário Bhering, a “casa nova” da Eletrobras.

Mas o descaso com os trabalhadores e trabalhadoras e as Entidades que os representam não têm nada de novo. É um velho hábito da gestão egocêntrica e pouco transparente do senhor Pinto Junior.

Em nosso Informe AEEL 144, 26/10/18, informamos a solicitação que fizemos à Direção, posteriormente repetida à Fundação Eletros, que, antes da referida mudança para a “casa nova”, divulgassem ao corpo funcional os documentos dos órgãos responsáveis pela liberação das instalações. Nunca fomos atendidos.

É lamentável ler um comunicado da Empresa tão evasivo e desrespeitoso; A pergunta permanece: Onde estão os laudos de liberação?

Entendemos que a mudança é necessária e irreversível, mas como temos repetido, há de se ter responsabilidade com a integridade física dos trabalhadores e trabalhadoras, que já viveram o trauma de dois incêndios (o mais recente durante a atual gestão).

A diretoria “adestrada e submissa” prefere se calar, mas é bom que não esqueçam: quaisquer danos material ou humano cairão sobre cada uma de vossas senhorias.

Para ouvir os trabalhadores e trabalhadoras sobre esse tema e também sobre: PDC; Aposentados; Novo procedimento de RH; Luta jurídica e PLR 2018, convocamos todos para:

PLENÁRIA SOBRE A MUDANÇA PARA O PRÉDIO NOVO – 6/12, às 12h30,  no Auditório da AEEL – Rio de Janeiro – RJ

Veja o informe da AeelInforme_150_18_Plenaria_Mudanca_Predio_Novo

Leia também:
Eletrobras convoca AGE para 28/12 para tratar de transferência de controle da Ceal e Amazonas

Mais um militar: almirante Bento Costa Lima Leite será o ministro de Minas e Energia
Em boletim, CNE afirma: sem diálogo, o caminho é a greve

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Fechar Menu