Leia o boletim do CNE – Coletivo Nacional dos Eletricitários:

Trabalhadores e trabalhadoras do Siste­ma Eletrobras diante dos cenários de­safiadores e das notícias constantemente veiculadas que apontam para a privatiza­ção, o desmonte das empresas, das demis­sões e perdas de direi­tos, a coordenação do CNE avalia que não res­ta alternativa a não ser a Mobilização para se construir a greve. Por­tanto, será fundamental a participação de todos e de todas na reunião no Rio de Janeiro dias 04 e 05 de dezembro para se discutir a organização da luta.

Como é de conhecimento de todos e de todas o presidente Pinto Júnior trabalha incansa­velmente para vender a Eletrobras, por isso foi escolhido pelo presidente ilegítimo Temer, e agora vem se articulando politicamente com o governo Bolsonaro para continuar no cargo. Sua insistência, mesmo diante de to­das as denúncias de irregularidades da sua gestão apresentadas pelos sindicatos e de­mais e entidades, mostra que Pinto Júnior não quer abrir mão de entregar o patrimônio púbico ao capital privado internacional.

Há poucos dias o Ministério do Planejamen­to divulgou um documento intitulado: transi­ção de governo 2018-2019 (https://transicao.planejamento.gov.br/). Neste material existem 15 textos sobre temas estruturantes e desa­fios para o próximo go­verno, o item número 14 trata especificamen­te da privatização da Eletrobras. Essa troca de informações entre os governos comprova que o caminho a ser seguido pelo governo do capitão da reserva será o do entreguismo ainda mais radical. A resposta dos trabalha­dores e das trabalhadoras deve ser dura.

O que está em jogo é nosso futuro dos nos­sos postos de trabalho e dos nossos direitos. Por isso, não podemos ficar na defensiva.

Vamos à luta!

Confira:BOLETIM CNE 26 11 2018

REUNIÃO DO CNE DIAS 04 E 05 DE DEZEMBRO NO
RIO DE JANEIRO. PARTICIPEM!

CNE EM DEFESA DO EMPREGO, DOS DIREITOS, DA ELETROBRAS COMO EMPRESA
PÚBLICA E PELA DIGNIDADE DOS TRABALHADORE E DAS TRABALHADORAS

Leia:
Paulo Guedes indica à permanência no cargo do pior presidente da Eletrobras: Wilson Pinto Jr.

Wilson Pinto acumula irregularidades na gestão da Eletrobras e CNE pede saída imediata do presidente
Nota de repúdio dos eletricitários contra as declarações do Presidente Wilson Pinto Jr.

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Deixe uma resposta

Fechar Menu