Entre 22 e 25 de março, foi realizado o Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, presencial/virtual em Dakar, capital do Senegal; e no Brasil, em formato apenas virtual, dezenas de entidades organizaram o FAMA 2022 Brasil/Dakar. Foi um grande espaço democrático, de troca de saberes, de mobilização e resistência; onde populações do campo e da cidade, povos das águas e das florestas se juntaram para defender a água como bem comum e em todas as suas dimensões: cultural, religiosa e sociais. Também foram realizados encontros que debateram formas de resistir ao processo de privatização da água, que aumenta a exclusão ao acesso aos serviços de saneamento, ao desmonte dos espaços de participação e controle social, e a criação do mercado da água.

Grito da Água em Salvador (Bahia)

A programação nacional contou com oito painéis centrais com o envolvimento de entidades brasileiras e de outros países da América Latina. Além disso, dezenas de atividades autogestionadas foram promovidas por organizações, redes e movimentos durante os quatro dias do evento, discutindo os variados temas que se relacionam com a violação dos Direitos Humanos à Água e ao Saneamento, a luta das mulheres, ao combate à fome, os agrotóxicos, e a aspectos culturais e religiosos ligados a água. Também foram apresentadas quatro atividades culturais, produzidas pelo Circuito Dandô, com música, poesia e teatro. Na terça-feira (22/3) – Dia Mundial da Água -, várias entidades realizaram atos em suas cidades e destacaram o início do Fórum, como foi o caso do Grito da Água, em Salvador – Bahia (foto), tradicional evento realizado todos os anos em 22 de março.

No final desta página, elencamos os links dos painéis e atividades culturais para que você possa assistir.

FNU em Dakar
O assessor da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, Edson Aparecido da Silva, esteve em Dakar durante os quatro dias do FAMA. Ele falou em nome do Brasil e América Latina durante coletiva de imprensa e participou da mesa “Água para a Vida x Água para o Lucro: Privatização, Corporatização e Financeirização dos Serviços de Água”. Edson também apontou que a luta contra a privatização segue adiante em várias partes do mundo e que, cada vez mais, se destaca o papel das mulheres em relação à luta pela água e que, nos processos de privatização, são as mulheres que mais sofrem, sobretudo na África. A importância do controle democrático sobre as empresas e o fortalecimento dos instrumentos de controle e participação social também ganharam destaque nos debates.

PRINCIPAIS PONTOS DE DESTAQUE NOS DEBATES EM DAKAR
Os pontos que mais mereceram destaque nos debates em Dakar foram:
. A luta contra a privatização que segue adiante em várias partes do mundo;
. O apoio das organizações para a criação de uma rede africana de água;
. Cada vez mais se destaca o papel das mulheres em relação à água e que nos processos de privatização são as mulheres que mais sofrem, sobretudo na África;
. Necessidade de organização global para enfrentamento dos processos de privatização e apropriação da água pelo capital;
. Destaque para os processos de remunicipalização de serviços pelo mundo, ou seja, o processo de desprivatização;
. Importância do controle democrático sobre as empresas, fortalecer os instrumentos de controle e participação social.
➡️ Acesse aqui o site oficial do FAMA 2022 (internacional) e o Facebook: https://www.facebook.com/FAME2022, com imagens e vídeos.

Nas próximas semanas, a organização do FAMA Brasil/Dakar irá organizar os documentos e os principais debates realizados no Senegal e disponibilizar no site do ONDAS (ondasbrasi.org.br)

➡️ A FNU/CNU, em parceria com a ISP, Fenatema e ONDAS, realizou a mesa de debates: Os Desafios Brasileiros e Internacionais Na Luta Contra A Privatização Do Saneamento, no dia 25 de março, dentro das atividades autogestionadas do FAMA Brasil/Dakar 2022. Assista aqui. 

LINKS PARA ASSISTIR OS 8 PAINÉIS CENTRAIS DE DEBATE DO FAMA BRASIL/DAKAR 2022 E AS ATIVIDADES CULTURAIS DOS QUATRO DIAS DE EVENTO.
✅ Clique aqui para ver a programação e saber as entidades e convidados/debatedores de cada painel.

1. Apresentação do FAMA 2022 BRASIL/DAKAR (22 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=KTTlfwDskT8 

2.  A luta dos povos indígenas, quilombola, povos tradicionais e de áreas urbanas vulnerabilizadas pelo acesso à água e ao saneamento: os impactos da discriminação de gênero e o racismo estrutural (22 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=KTTlfwDskT8  – a partir de 1h34min do vídeo

3. Desprivatização e alternativas (23 de março)
📲 Assista – https://www.youtube.com/watch?v=fQoOP5X-RWQ

4.  Fome, soberania alimentar e direito à água e ao saneamento (23 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=hBChreUg1qs – a partir dos 35 minutos do vídeo

5. Participação e controle social na gestão das águas (24 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=p7C7yn2T-I4

6. Espiritualidade da Água (24 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=T0fMRW2mAmw

7. Emergências climáticas: seus impactos no campo, nas florestas e nas metrópoles (25 de março)
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=vyxcaiRoczk

8. Mercantilização da Água (25 de março)    
📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=5Dot73xgOPQ

PROGRAMAÇÃO CULTURAL EXIBIDA NO FAMA BRASIL/DAKAR
Programação cultural coordenada pelo Dandô Circuito Décio Marques, coletivo que reúne músicas autorais e todas as expressões de arte locais, regionais autorais e originais. Na seleção, artes de todo coletivo do Dandô com circuitos em todas as regiões do Brasil de norte a sul.

A programação reúne seleção de expressões culturais relacionada às águas:
. 1º dia –  📲 Assisita: https://www.youtube.com/watch?v=eZqBBp5RPO8
. 2º dia – 📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=7vFMhqgfymo
. 3º dia – 📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=HirYnZGNJQI
. 4º dia – 📲 Assista: https://www.youtube.com/watch?v=zJgXc8zHEzo
Todas estas postagens estão disponíveis no canal do YouTube do ONDAS, acesse.

fonte: ONDAS