A FNU – Federação Nacional dos Urbanitários – e o Stiupa – Sindicato dos Urbanitários do Pará –  passam a integrar o Conselho Municipal de Saneamento de Santarém (PA), como um desdobramento de sua  luta contra a privatização dos serviços de saneamento prestados pela Cosanpa no município.

Durante as audiências públicas para discutir o Plano Municipal de Saneamento Básico do Município de Santarém em 2019, as entidades apresentaram proposta que foi aprovada no seminário final e na Câmara de Vereadores, e depois sancionada pelo prefeito.

A proposta aprovada prevê um ponto fundamental de participação popular, ou seja, para que sejam privatizados os serviços de saneamento no município, há necessidade da realização de plebiscito (consulta popular), com autorização de 50% mais 1.

Reunião do Conselho
A reunião do formação do Conselho Municipal de Santarém acontece na próxima segunda-feira (17 de fevereiro). Para as duas vagas de titulares do colegiado, destinada aos representantes dos trabalhadores urbanitários, foram indicados Pedro Blois, presidente da FNU, e Narciso Senna, dirigente do Stiupa.

A FNU parabeniza os urbanitários paraenses e, em especial, Narciso Sena, que foram incansáveis na luta para manter a empresa pública Cosanpa, prestando os serviços de saneamento em Santarém.

Leia também:
Política Municipal de Saneamento em Santarém-PA: vitória dos urbanitários

Fechar Menu