Em assembleias realizadas pela diretoria do Sindaema na terça-feira, 13/03, trabalhadores da Serra e Vila Velha Ambiental rejeitaram as respectivas propostas de Acordo Coletivo de Trabalho.

Em Vila Velha, a categoria reivindicou a ultratividade de todos os benefícios do ACT e a readequação dos salários dos agentes comerciais. Eles alegam realizar outras atividades além de suas funções estabelecidas em contrato. Os motoristas usuários também solicitam a inclusão de um determinado valor para que dirijam os veículos da empresa.

Já na Serra, os trabalhadores reivindicam a adequação do Plano de Saúde nos moldes da empresa Aegea, controladora dos consórcios das PPP’s nos dois municípios.

O diretor João Ramos disse que o Sindaema vai insistir na mesa de negociação com a Aegea para que os trabalhadores consigam seus avanços. “Diante da reprovação da proposta, como foi o caso das assembleias de ontem, cabe ao sindicato persistir nas novas rodadas de negociação, melhorar os itens do Acordo Coletivo e garantir as conquistas da categoria”.

 

Cláusulas dos ACT’s

A proposta enviada aos trabalhadores de Serra e Vila Velha foi de reajuste nos salários e benefícios em 2,07%, exceto no Tíquete Alimentação, que receberia 4% de reajuste, Plano Médico com 80% do valor pago pela empresa, Plano Odontológico Bradesco a partir de abril e a busca de convênios de farmácia para a categoria.

Além disso, as propostas de ACT previa a homologação do Acordo nos sindicatos, protegendo a categoria de retrocessos previstos na Reforma Trabalhista.

Fechar Menu