Nesta semana, o Sinergia-MS iniciou a distribuição de 5 mil máscaras de tecido para todos trabalhadores filiados ou não ao sindicato que atuam em empresas de geração, distribuição e transmissão de energia, bem como as terceirizadas. O objetivo é reforçar a proteção à saúde dos eletricitários durante a pandemia do coronavírus.

Nesta terça-feira (14), os diretores do Sinergia realizaram a distribuição das máscaras no Centro Operacional da Energisa, em Campo Grande. Também está prevista para hoje a entrega dos kits com 2 máscaras nas demais unidades da capital e nas cidades de Sidrolândia, Nioaque e Jardim.

“O setor elétrico não parou. Os trabalhadores estão desempenhando suas atividades internas e externas todos os dias para garantir que setores importantes como da saúde e da alimentação funcionem e também proporcionando comodidade para aqueles que estão em casa. Nada mais justo do que a gente prezar pela saúde desses eletricitários, quanto mais proteção, melhor”, ressaltou o presidente do Sinergia-MS, Elvio Vargas.

A partir desta quarta-feira (15), as máscaras serão entregues a todos os trabalhadores do interior do Estado. A medida beneficia os eletricitários da Energisa, Brooksfield, State Grid, Eletrosul, Engelmig, MPE Engenharia, Compel e MS Gás.

“Diante dessa pandemia, sabemos que o uso da máscara é mais uma forma de prevenção importante. Então, nós do sindicato encontramos essa alternativa da máscara de tecido, que já é recomendada pelo próprio Ministério da Saúde devido à escassez das máscaras cirúrgicas no mercado”, explicou a diretora do sindicato, Aliceia Araújo.

Junto com o par de máscaras, o sindicato está entregando um panfleto com as orientações de uso. A utilização da máscara de tecido deve ser de, no máximo, 2 horas, e a higienização correta precisa ser feita todos os dias, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Fonte: Ascom Sinergia-MS

Fechar Menu