Os urbanitários estão unidos travando uma importante luta contra as arbitrariedades que estão sendo impostas pelo governo ilegítimo de Temer e do PSDB à categoria e ao povo brasileiro: as privatizações do sistema Eletrobras e do saneamento.

Na pauta do Senado encontra-se em tramitação de urgência o Projeto de Lei da Câmara Nº 77, DE 2018 (PLC 77/18 já aprovado pela Câmara) sobre a privatização da Eletrobras, e na pauta do Congresso Nacional está em andamento  a Medida Provisória 844/18, que altera a Lei nº 11.445/07 e onde estão estabelecidas as diretrizes para o saneamento básico em todo o país. Na prática essa MP – MP da Sede e da Conta Alta – prevê a privatização do saneamento.

Nos dias 4 e 5 de setembro (terça e quarta-feira) o objetivo é um ‘esforço concentrado’ dos urbanitários em Brasília, para pressionar os parlamentares a não votarem a favor dessas duas proposituras.

“Estamos em defesa das nossas empresas, da universalização dos serviços públicos, com qualidade, e da soberania nacional”, explica Pedro Blois, presidente da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU.

Veja convocação da Frente Nacional pelo Saneamento: CONVOCATÓRIA FNSA

Vamos à luta contra os retrocessos propostos pelo governo ilegítimo.
Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.

ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

 

Fechar Menu