Os trabalhadores da CEDAE, os movimentos sociais, sindicalistas de vários ramos, deputados de vários partidos estão realizando na manhã desta quarta-feira, dia 24 de junho, um grande  ato de abraço a CEDAE. A luta e a mobilização são contra a tentativa de privatização da empresa por parte do Estado, que vem sendo pressionado pelo governo Bolsonaro que quer a empresa como garantia aos empréstimos feitos no ano passado ao Rio de Janeiro, para que ele pudesse honrar seus compromissos financeiros através do ingresso no regime de recuperação fiscal.

Os sindicatos de saneamento do Rio de Janeiro, entre eles o STAECNON e o SINDIÁGUA-RJ estão presentes puxando a mobilização. A FNU apoia essa luta por saber que a CEDAE é uma empresa de excelência, que gera recursos para o Estado, prestadora de grandes serviços à população, além de ser um patrimônio do Povo do Estado do Rio de Janeiro.

Não outro caminho a não ser a unidade nessa luta contra a venda da CEDAE, procurando todas as vias possíveis, políticas, jurídicas e de aliança com a sociedade, que precisa ser alertada do que representará a privatização da água no Estado do Rio de Janeiro, como o aumento exorbitante das tarifas e a precarização dos serviços, especialmente para as regiões mais pobres.

Fonte: FNU

Fechar Menu