Em tempos do novo #coronavírus, o presidente da FNU, Pedro Blois, incentiva a todos para irem às redes sociais no Dia Mundial da Água – 22 de março – para conscientizar e informar sobre a importância do direito à água e que esse bem não pode ser privatizado como quer o projeto neoliberal do atual governo do país. Se não podemos ir às ruas, vamos às redes: #ÁguaNãoÉMercadoria #ÁguaÉDireito #PrivatizaçãoNÃO  

Transcrição do vídeo:

Bom dia, companheiras e companheiros.

Para este dia 22 de março, Dia Mundial da Água, que é comemorado em todo o mundo, devido a essa pandemia do coronovírus, nós estamos solicitando que todos evitem as aglomerações, evitem fazer atos públicos. Mas vamos nos focar na questão das mídias sociais para fazermos a conscientização da população, da importância da água nesse momento de crise, que todos estamos passando com relação a esse pandemia.

Então, vamos utilizar todos os nossos meios de mídias sociais para conscientizar a todos da importância da água, neste momento. E lembrar que água é fonte de vida e que não pode ser privatizada como esse governo que está aí colocado quer, neste momento, a privatização da água.

Vamos dizer nas nossas mídias sociais: não à privatização do saneamento, não à privatização da água, porque água é fonte de vida e água é o bem precioso que não pode ser privatizado.

Leia também:
Dia Mundial da Água: vamos às redes informar a sociedade e lutar contra a privatização

 

 

Fechar Menu