Desde o início da manhã desta segunda-feira, 21, a movimentação foi grande no SINDISAN, com a deflagração do processo de coleta de votos da categoria na eleição que definirá a nova Direção Executiva, Conselho Fiscal e os respectivos suplentes para o triênio 2020-2023.

Logo cedo, as urnas fixas, com seus respectivos mesários, foram distribuídas nas unidades da Deso e Cohidro, além da sede do sindicato.

As urnas itinerantes seguiram, em veículos, os seus caminhos para coleta dos votos dos filiados e filiadas nas diversas unidades da Deso, Cohidro e SAAEs de Estância, Capela e São Cristóvão, em todas as Regionais.

Duas chapas disputam a eleição: a CHAPA 1 – Unidade, Resistência e Luta, da atual direção do SINDISAN, encabeçada por Silvio Sá e tendo como secretário-geral Sérgio Passos; e a CHAPA 2 – Luta e Transparência, encabeçada por Roberto Aragão, tendo como secretário-geral José Milton Júnior.

Fonte: Ascom Sindisan

Fechar Menu