Na tarde da quinta-feira (04/05), foi realizada mais uma rodada de reunião mediada pelo Tribunal do Trabalho, com os encaminhamentos referentes ao banco de horas negativo para os trabalhadores e trabalhadoras da Corsan que fazem parte do grupo de risco para o Covid-19.

Na semana passada realizamos o primeiro contato para mediação, a Companhia não apresentou nenhuma justificativa plausível para uma possível negociação. No entanto, ficou acordado que a empresa deveria apresentar uma proposta em 48 horas para avaliação do Tribunal justificando a implementação do banco de horas para este grupo. Como já havíamos mencionado o quadro de funcionários pertencentes a esta situação é de 7% .

A Corsan mapeou os funcionários em grupo de risco e afastados, e apresentou a proposta de compensação de 2 horas diárias pelo período de 18 meses, o que foi prontamente rechaçado pelo Sindiágua.

O SINDIÁGUA/RS, disposto sempre a ouvir a categoria sugeriu à Corsan e ao Tribunal do Trabalho, que fosse feita uma consulta com os associados que se encontram nesta situação. Levando em consideração que a saúde deve sempre estar em primeiro lugar.

O presidente do SINDIÁGUA Arilson Wünsch, destacou novamente que não é um desejo dos trabalhadores/as estar em “grupo de risco” e que com certeza muitos gostariam de estar trabalhando ao invés de estar com algum tipo de problema de saúde, ainda foi mencionado que existe até funcionários dispostos a voltar ao trabalho, mas as condições não permitem. “Muitos demonstram até o desejo de voltar ao trabalho, porém isso não está na governabilidade do Sindiágua, pois tem legislação a ser cumprida, além disso, só iremos adiante nessa negociação sobre o banco de horas negativo depois de ouvir nossos associados e associadas”, afirma.

Dados os encaminhamentos, ficou definido que o sindicato irá consultar os associados/as que estão nestas condições e somente após essa consulta o sindicato dará continuidade a negociação.

Pedimos aos associados/as na situação de afastamento que entrem em contato com o seu representante regional para que possamos organizar as reuniões via teleconferência.

Fonte: Ascom Sindiágua-RS

 

Fechar Menu