A direção da Copasa, atendendo à decisão soberana das assembleias dos trabalhadores realizadas em todo o Estado, que rejeitaram por unanimidade a terceira contraproposta apresentada pela empresa, reabriu as negociações com a categoria e se reuniu com a diretoria do SINDÁGUA, na sexta-feira (18 de outubro).

Os dirigentes da entidade sindical apresentaram à direção da empresa toda a indignação e insatisfação dos trabalhadores com a postura da empresa nas negociações, mas acreditam que a retomada do diálogo poderá representar um avanço para a construção de um acordo justo para a categoria.

Na reunião de hoje a empresa, reafirmou sua intenção de alterar a forma de distribuição da PL, criação de um banco de horas negativo com 4 horas e somente horas extras depois de 4 horas por semana, bem como excetuar os 2% para demissão de empregados, entre outros itens!

Os trabalhadores reafirmaram ainda que não aceitam o sucateamento da empresa, que tem a nítida intenção de privatizá-la, e exigem a manutenção dos direitos assegurados nos acordos anteriores.

Por isso a direção do sindicato reafirma sua posição de não abrir mão de direitos e que vamos engrossar a mobilização e que os trabalhadores merecem um voto de confiança de respeito por ter alavancado a empresa entregar com lucro e bons resultados econômicos e financeiros!

A empresa ficou de reunir novamente com o sindicato e tentar construir nova proposta para ser levado as assembleias!

Fonte: Ascom Sindágua-MG

Fechar Menu