Os trabalhadores e trabalhadoras da Copasa aprovaram, em assembleias realizadas em todo o Estado, o desconto da contribuição sindical 2018, em março, referente a um dia de trabalho, em favor do Sindicato.

De acordo com o artigo 579 da reforma trabalhista, a contribuição sindical deixou de ser obrigatória. Para contribuir com o Sindicato, o trabalhador tem que autorizar o desconto.

“A decisão das assembleias fortalece a luta da categoria, ao garantir a sustentação da estrutura sindical para os enormes desafios e batalhas que teremos pela frente, em defesa dos nossos direitos”, disse José Maria dos Santos, presidente do SINDÁGUA. “O governo golpista quer destruir os sindicatos, mas a categoria mostrou união nas assembleias, comprovando que nosso Sindicato é forte e representativo.”

A direção do Sindicato notificou a Copasa sobre a decisão dos trabalhadores, em ofício encaminhado à Diretoria de Gestão Corporativa. As assembleias foram realizadas entre os dias 5 e 9 de fevereiro, com amplos debates, e, em sua maioria absoluta, os trabalhadores do interior e da capital, se posicionaram favoravelmente à contribuição para a sustentação da estrutura sindical.

A decisão das assembleias, além de representar o reconhecimento da incessante luta do SINDÁGUA em defesa dos trabalhadores e do saneamento, é decisiva para que o nosso Sindicato se mantenha como forte instrumento para o enfrentamento das dificuldades nas relações do trabalho e para que possamos defender nossas conquistas e avançar nos direitos da categoria.

A contribuição sindical é de grande importância em um momento em que os direitos da classe trabalhadora sofrem fortes ataques, com a reforma trabalhista, a terceirização e a ameaça da reforma da Previdência que o governo golpista quer impor aos trabalhadores.

O objetivo do governo e dos patrões é enfraquecer a luta dos trabalhadores pelos seus direitos, destruindo os sindicatos. Para enfrentar mais esse ataque, a entidade sindical precisa ser forte e de luta, o que somente será possível com a participação, a união e a contribuição dos trabalhadores. (fonte: Sindágua-MG)

Fechar Menu