Urbanitários unidos contra a privatização do sistema elétrico. Vamos estar presentes às audiências públicas defendendo o patrimônio nacional e dizendo NÃO à privatização da Eletrobras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) marcou para esta sexta-feira, 16 de fevereiro, audiência pública presencial para o processo de privatização da Boa Vista Energia S.A. Esta será a primeira audiência pública para a venda das distribuidoras da Eletrobras.

Confira o calendário das audiências públicas:
. 16/2 – Boa Vista Energia S.A., em Boa Vista – Roraima
. 20/2 – Amazonas Distribuidora de Energia S.A., em Manaus – Amazonas
. 21/2 – Centrais Elétricas de Rondônia S.A. (Ceron), em Porto Velho – Rondônia
. 23/2 – Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), em Rio Branco – Acre
. 27/2 – Companhia Energética de Alagoas (Ceal), em Maceió – Alagoas
. 28/2 – Companhia Energética do Piauí (Cepisa), Teresina – Piauí

Em nota, o banco informou também que a publicação do edital de desestatização das distribuidoras deverá ocorrer em pelo menos 15 dias úteis após a realização da última audiência pública, no dia 28 de fevereiro.

O banco disse ainda que o leilão está previsto para o final de abril, após a realização de road shows com objetivo de atrair investidores.

Paralelamente, o BNDES encaminhará ao Tribunal de Contas da União (TCU) a minuta do edital e seus anexos para análise prévia à publicação.

Nesta sexta-feira (16/2): primeira audiência em Roraima

A sessão pública presencial para processo de privatização da Boa Vista Energia S.A. será realizada entre 9h às 12h, no Auditório do Corpo de Bombeiros Militar, na
Avenida Venezuela, 1271, Pricumã, Boa Vista – Roraima.

Veja o acesso da audiência em Boa Vista e o regulamento:
. Aviso – boa-vista-aviso-de-audiencia-publica
. Regulamento – boa-vista-regulamento-audiencia-publica

Todos unidos contra a privatização do sistema elétrico. FNU na luta!
Energia não é mercadoria!

 

Fechar Menu