A proposta de reforma trabalhista do governo Temer flexibiliza normas e direitos dos trabalhadores. Mas a Proposta de Emenda Constitucional 300, do dep. Mauro Lopes, PMDB/MG que tramita na Câmara dos Deputados, retira ainda mais direitos. A avaliação vem tanto do meio jurídico como do sindical. Leia: Nova ameaça aos direitos trabalhistas: PEC 300 prevê jornada de 10 horas/dia e muito mais

Urbanitários na resistência: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Fechar Menu