Com a paralisação, os trabalhadores pretendem ainda pressionar a empresa a apresentar uma proposta para o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT

Eletricitários de todo o país estarão parados na próxima segunda-feira (16) em protesto contra a privatização do setor elétrico. No Piauí, os trabalhadores da Cepisa e da Chesf seguirão o movimento nacional e cruzarão os braços durante todo o dia em defesa das empresas do Sistema Eletrobras. A decisão foi tomada durante assembleia dos trabalhadores.

A Federação Nacional dos Urbanitários – FNU encaminhou ofício ao presidente da Eletrobras informando sobre a paralisação de 24 horas, quando inclusive a área operacional estará parada. “Todo o país estará mobilizado neste grande dia que será histórico para nossa categoria. Aqui no Piauí, manteremos os serviços essenciais e os casos de urgência e emergência serão negociados”, disse Paulo Sampaio, presidente do Sindicato dos Urbanitários.

Com a paralisação, os trabalhadores pretendem ainda pressionar a empresa a apresentar uma proposta para o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT, durante rodada de negociação marcada para acontecer no próximo dia 24.  “A última negociação aconteceu no início de abril, em Brasília, entre as relações sindicais de cada empresa e o Coletivo Nacional dos Eletricitários – CNE, onde a Holding não apresentou nada aos trabalhadores, em total desrespeito com as negociações”, afirmou Sampaio.

O presidente da entidade afirmou que a categoria irá continuar mobilizada na luta em defesa de um fechamento justo e digno para o ACT e na guerra contra a entrega do setor elétrico nacional. (fonte: Sintepi)

Deixe uma resposta

Fechar Menu