O Sindur – Sindicato dos Urbanitários de Rondônia – esclarece que, embora os funcionários da Caerd estejam a quatro meses sem salários caminhando para o quinto mês, ainda não estão em greve e que a falta de água há 10 dias no município de Porto Velho (RO) se deve a problemas de captura de água, onde não há manutenção preventiva há muito tempo.  “Querem tornar a empresa inviável para justificar a sua privatização.”

Confira a explicação por completo.

Fechar Menu