http://playerresearch.com/perceiving-without-looking-designing-huds-for-peripheral-vision Projeto agora segue para apreciação na Câmara dos Deputados

Buy Valium Sydney

Order Valium From India O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (6) projeto de lei que atualiza o marco regulatório do saneamento básico. A votação foi simbólica, sem o registro de votos. O projeto segue para a Câmara dos Deputados.

A proposta recupera boa parte do conteúdo da Medida Provisória (MP) que perdeu a validade nesta segunda (3) por não ter sido aprovada dentro do prazo pelo Congresso. A MP foi editada ainda no governo do ex-presidente Michel Temer.

http://lilurestaurant.co.uk/data/cache/flye.php

No mesmo dia em que a MP perdeu a validade, o relator do texto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) apresentou um novo projeto de lei com o mesmo teor. E, horas depois, o plenário do Senado aprovou o caráter de urgência ao texto para acelerar a tramitação no parlamento.

http://elanbach.com/checkout/cart/add/uenc/aHR0cHM6Ly93d3cuZWxhbmJhY2guY29tL2NvbGxlY3Rpb25zL2VsYW5iYWNoLXRvZGF5L3dlYXZlcy9jYW50ZXJidXJ5LW5hdHVyYWwuaHRtbA,,/product/2289/form_key/5WP4qsFBiCpUJNwX/

O projeto

Buy Diazepam Cheap Uk O texto permite que empresas privadas prestem serviços de saneamento básico por meio de contrato de concessão a partir de licitação.

São serviços de saneamento: abastecimento de água potável, coleta e tratamento de esgoto, limpeza urbana e redução e reciclagem do lixo.

Buying Valium Online In Canada

Order Valium From Mexico O projeto determina, ainda, a abertura de licitação, com a participação de empresas públicas e privadas, e acaba com o direito de preferência das companhias estaduais. O formato do contrato poderá ser, por exemplo, a Parceria Público-Privada (PPP), firmada entre empresa privada e o governo federal, estadual ou municipal.

http://andrewrwilliams.co.uk/wp-cron.php?doing_wp_cron=1561173995.1439280509948730468750

Um dos pontos do texto que pode incentivar a participação da iniciativa privada é a permissão para que uma mesma empresa preste serviço para um “bloco” de municípios. Isso foi proposto porque uma cidade pequena isolada pode não ser rentável para a empresa privada. Uma emenda, sugestão de mudança ao texto, aprovada em plenário estabeleceu que os blocos serão determinados via lei estadual.

http://contrarylife.com/tag/east-midlands/

Fonte: G1

http://lilurestaurant.co.uk/wp-cron.php?doing_wp_cron=1561124676.2769410610198974609375
Fechar Menu