Em 21 de janeiro/21, a CNU, FNU e federações regionais promoveram a live de lançamento do documentário “Amapá: quem vai pagar a conta”, que debateu como as privatizações podem desencadear “apagões” em serviços essenciais, como energia elétrica e saneamento.

Participantes:
Paulo de Tarso – presidente da CNU
Pedro Blois – presidente da FNU
Carlos Pronzato – cineasta e diretor do documentário
Audrey Cardoso – Presidente Urbanitários do Amapá – StiuAp
Deivyd Bacelar – Representante do Comitê Nacional de Luta Contra as Privatizações
Euan Gibb – Assistente regional Interaméricas da ISP – Internacional de Serviços Públicos
Iury Paulino – Frente Brasil Popular e MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens
Thiago Vergara – Representante do CNE – Coletivo Nacional dos Eletricitários – e dirigente do Sinergia Santa Catarina

Leia também: Documentário “Amapá: quem vai pagar a conta?” abre debate sobre riscos de “apagões” em serviços essenciais frente às privatizações

 

Fechar Menu