Paulo de Tarso, presidente da CNU – Confederação Nacional dos Urbanitários – fala do forte ataque que o movimento sindical sofre no governo Bolsonaro; da greve legítima dos petroleiros em defesa dos seus empregos e da Petrobras; e que os URBANITÁRIOS ESTÃO SOLIDÁRIOS À LUTA DOS PETROLEIROS E NÃO EXITARÃO EM CONSTRUIR A UNIDADE PARA A GREVE GERAL EM NOSSO PAÍS.

Fechar Menu