Com a aprovação pela Câmara do projeto de lei (PL) que viabiliza a privatização das distribuidoras da Eletrobras, os trabalhadores da categoria, representados pela FNU – Federação Nacional dos Urbanitários – e o CNE – Coletivo Nacional dos Eletricitários – partem agora para o corpo-o-corpo junto aos senadores, na tentativa de sensibiliza-los para rejeitarem o projeto e, ao mesmo tempo, analisam alternativas jurídicas na tentativa de barrar o leilão das distribuidoras, marcado para 26 de julho.

A categoria já conseguiu uma primeira vitória, ao obter liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski que suspendeu a privatização da Ceal, distribuidora do Alagoas.

Na próxima semana, na quarta e quinta-feira (dias 11 e 12/7), a Câmara deve votar os destaques do projeto aprovado – PL 10.332/18 – e a matéria deve seguir para análise dos senadores.

Leia também: 
Rodrigo Maia confirma que privatização da Eletrobras será discutida após as eleições

. Câmara aprova projeto sobre venda das distribuidoras Eletrobras, mas ainda precisa passar no Senado

NOSSA LUTA NÃO TEM TRÉGUA!
NÃO À PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS!

Fechar Menu