Em plena negociação do Acordo Coletivo da categoria, a Light promoveu 40 demissões numa clara tentativa de pressionar pela aprovação de uma proposta que rebaixa salários — se recusa a repor, sequer, a inflação do período — e cassa benefícios.
Diante disso, a direção do Sintergia compareceu à reunião para discussão da pauta de reivindicações marcada para o último dia 9 com a disposição de suspender as negociações até que a empresa assuma o compromisso de não fazer nenhuma demissão durante o processo de negociação do Acordo Coletivo da categoria.
Em assembleia realizada no dia 9 de junho, ficou deliberado que a direção do Sindicato vai acionar o Ministério Público do Trabalho (MPT) denunciando o que considera uma atitude de prática antissindical e, ainda, promover paralisações setoriais.

Fonte: Ascom SINTERGIA-RJ

Fechar Menu