Em assembleia da categoria do saneamento em Rondônia, nesta quarta-feira (4/4), os funcionários da Caerd aprovaram greve a partir do dia 11 de abril. Eles estão há com quatro meses de salários atrasados.

INFORME SINDUR – Sindicato dos Urbanitários de Rondônia: 4/4/2018

RESULTADO ASSEMBLEIA

Em assembleia realizada, 4 de abril, a categoria deliberou por unanimidade em todo o Estado, pela GREVE, a partir do dia 11 de abril, quarta-feira da semana que vem.

Dentre os motivos estão: O NÃO cumprimento do acordo judicial por parte da Diretoria da CAERD, que além dos atrasos de salários, ainda vem pagando salários de alguns membros da diretoria primeiro, ou seja, não está pagando do menor para o maior, conforme ficou acordado na justiça e principalmente pelo descaso e falta de gestão desta diretoria que vem atrasando os salários de seus trabalhadores, que já são 04 meses de atrasados, sendo, 13° e Dezembro, Janeiro, Fevereiro e já encaminhando para o quinto mês, pois o mês de março vence no próximo dia 6/4, quinto (5°) dia útil.

O Sindur, por meio de nota, em março, já havia exposto as dificuldades que os trabalhadores vinham passando.

“São mais de 600 pais de famílias que não estão conseguindo suprir necessidades básicas, como alimentar seus filhos, além de sofrer constrangimento diariamente por não conseguirem honrar seus compromissos financeiros.

Desta forma, os trabalhadores manifestam seu profundo REPÚDIO a esta incompetente diretoria da CAERD, que vem Usurpando o patrimônio público e prestando um péssimo serviço à população de Rondônia e estende a indignação ao Governador Confúcio Moura, que tem avalizado as ações desastrosas desta diretoria que nada tem feito para resolver os graves problemas do saneamento básico no Estado.”

Leia também:
Servidores da CAERD, sem salário há 4 meses, podem deflagrar greve

Fechar Menu