As negociatas do golpista Temer não param. Agora, ele negocia a entrega da Secretaria de Saneamento, do Ministério das Cidades, ao PR (Partido da República) em troca de apoio na votação da reforma da Previdência.

Comandada por Henrique Pires, ligado ao MDB, a cadeira seria transferida a uma indicação da sigla de Valdemar Costa Neto. Em contrapartida, a bancada de 37 deputados entregaria os votos para mudar as regras da aposentadoria. O governo também deve usar o Ministério das Cidades para atender o DEM, nomeando Inácio Bento na Secretaria de Mobilidade, e o PRB, com Gilmar de Souza no comando de Desenvolvimento Urbano.

A informação consta da coluna Andreza Matias do jornal O Estado de S. Paulo, publicada no último dia 5 de janeiro/2018.

Leia também: Até fevereiro, governo e a mídia farão de tudo para convencer a população de que a reforma Previdência é necessária

Fechar Menu