Da última terça-feira, 10, até esta sexta-feira, 13, o Sindicato dos Urbanitários da Paraíba – Stiupb, realizou assembleias por toda a Paraíba (em 14 cidades), para discussão e apresentação de propostas para definição do Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2020 e apreciação da proposta de Participação nos Lucros e Resultados – PLR 2019/2020.

Em todas elas, a categoria fez questão de atender o chamamento do Stiupb, quer seja em cidades de maior número de funcionários, a exemplo de Campina Grande, bem como nos demais municípios: algo em comum nestas cidades: o sindicato tem tido o respaldo e o respeito dos urbanitários.

Diretores do Stiupb, sob o comando do presidente Wilton Maia Velez, foram divididos para que pudessem comparecer a todas as cidades agendadas nesta semana. Apenas não foi possível realizar as assembleias em Monteiro e em Serra Branca, mas que irão acontecer na próxima semana, em data a ser divulgada oportunamente.

Além de Campina Grande e Guarabira, nesta semana tivemos assembleias nas cidades de Juazeirinho, Araruna, Cuité, Solânea, Boqueirão, Itabaiana, Aroeiras, Caaporã, Mamanguape, Sapé, Esperança e Ingá.

NOVOS ENCONTROS – A partir de segunda-feira, 16, o Stiupb estará percorrendo as cidades do Sertão.

As principais propostas para o ACT apresentadas são as seguintes:

– Reajuste salarial de 100% do INPC , mais acréscimo de 2% a título de ganho real

– Piso Salarial, hoje é de R$ 1.023,10, solicitamos que seja reajustado para o valor de R$ 1.200,00

– Piso salarial dos eletricistas, hoje é de R$ 1.064,61, solicitamos para o valor reajustado para R$ 1.400,00

– Piso salarial técnico de nível médio, hoje é de R$ 1.528, 82, reajuste para o valor de R$ 1.800,00

– Antecipação da PLR no valor de R$ 1.800,00

– Auxílio Alimentação, hoje é de R$ 890,00 solicitamos o valor de R$ 1.100,00

– Auxílio Criança e Auxílio Creche, solicitamos o reajuste do valor atual de R$ 354,97,00 para R$ 500,00, contemplando as crianças de zero a 10 anos (hoje é apenas até seis anos de idade)

– Prêmio para gozo de férias, solicitamos reajuste dos atuais R$ 593,47 para o valor de R$ 750,00.

PLR – Já em relação à proposta, após reunião entre o Stiupb e a Energisa, dia 09 de agosto passado, foi estabelecido como proposta: além dos indicadores de BSC, foi deliberado que serão mantidos todos os demais componentes da fórmula, inclusive a forma de distribuição.

Fonte: Ascom STIUPB

Fechar Menu