O secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato dos Urbanitários (Sintius), Mauro Mazzitelli, e o advogado Antonio de Arruda Fabiano Netto, do escritório Fabiano Advocacia, estiveram na última terça-feira, dia 24, em Brasília, para participar de uma audiência com o ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra da Silva Martins Filho, em Brasília.

A ideia desse encontro foi sensibilizar o magistrado para agilizar o julgamento da ação judicial sobre o pagamento da cesta básica aos aposentados e pensionistas complementados (G-Zero). Após esse encontro, a expectativa é de que o ministro do TST atenda a solicitação apresentada pelo Sindicato para pautar esse assunto em breve na corte. Afinal, a categoria aguarda há anos pela decisão final e espera um desfecho positivo.

Diante de qualquer novidade a respeito deste assunto, a Diretoria do Sintius divulgará as informações pelos meios de comunicação da instituição e por meio da comissão dos associados que fazem parte dessa ação judicial.

Transparência
Conforme explicado na assembleia realizada no dia 28 de junho, na sede do Sintius, essa viagem a Brasília não estava incluída no contrato de honorários com o escritório Fabiano Advocacia. Por esse motivo, esse serviço gerou um gasto extraordinário, que precisou ser rateado entre os participantes desta ação. Aqueles que ainda não acertaram os valores para o custeio dessa despesa extra devem procurar a Tesouraria do Sindicato para efetuar o pagamento.

Fonte: Ascom Sintius

Fechar Menu