O Sindieletro comemorou no dia 25/07, 68 anos de existência. Os nossos parabéns vão para vocês, eletricitários e eletricitárias que, com garra e a certeza de que sem luta não se conquista, construíram um dos maiores e mais importantes sindicatos do país.

Um sindicato que possui uma rica história: uma categoria que não foge à luta por melhores condições de trabalho e por uma empresa pública e eficiente, com empregos e serviços de qualidade.

Tudo começou quando um grupo de eletricitários da antiga Companhia Força e Luz se organizaram contra as péssimas condições de trabalho, e, por melhores salários, criaram, no dia 25 de julho de 1951, a Associação dos Hidroelétricos de Belo Horizonte, Itabirito e Santa Bárbara.

Em seus 68 anos de existência, muitos foram os desafios enfrentados pelo Sindieletro. Fomos os primeiros trabalhadores do setor elétrico nacional a conquistar a Participação nos Lucros e Resultados.

Outro importante passo na organização dos eletricitários foi a unificação do Sindieletro e do antigo Sindelt, aprovada pela categoria em abril de 1996.  Atualmente, negociamos Acordos Coletivos com mais de 40 empresas do setor elétrico mineiro.

Mas a luta do Sindieletro e dos eletricitários e eletricitárias não se restringe apenas aos trabalhadores; ela vai além. Lutamos por uma empresa pública e contra a terceirização que mutila e mata.

Por duas vezes conseguimos impedir a privatização da Cemig e a aprovação, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, da PEC 50, que condiciona a privatização da Cemig e de outras estatais mineiras à aprovação de 3/5 dos deputados e a um referendo popular.

Neste momento, nossa maior batalha é impedir, novamente, que a maior empresa do Estado seja privatizada pelo governador Romeu Zema. Vamos combater o discurso do governador que relega a Cemig a um entrave para o desenvolvimento de Minas Gerais.

Vamos mostrar nossa força mais uma vez! Afinal de contas, sempre estivemos prontos para as lutas e o nosso trabalho não para. A união construiu esses 68 anos e é com ela que continuaremos em defesa da nossa categoria.

Parabéns, Sindieletro. Parabéns, eletricitários e eletricitárias!

Fechar Menu