Muitos trabalhadores e trabalhadoras procuraram o Sindicato para reclamar que o FGTS de julho, que normalmente é disponibilizado nas contas individuais do Fundo até o dia 10 de cada mês, ainda não foi depositado. A reclamação é geral e o Sindieletro cobra insistentemente que a Cemig explique o motivo do problema e, principalmente, divulgue na “casa” um esclarecimento público.

Mas, ao invés de acabar com as preocupações dos eletricitários, o RH da Cemig está se negando a fazer um esclarecimento público aos empregados, mesmo sabendo que há informações vindas da Caixa Econômica Federal de que o problema foi da empresa.

O Sindieletro, além de manter contatos com o RH e a CEF para saber do problema, apurou também que, informalmente, o RH declara que fez o depósito do FGTS dos eletricitários no dia 07 de agosto e que o erro é problema interno da Caixa. Por sua vez, a Caixa diz que é a Cemig que falhou.

Empurrar responsabilidades para terceiros não leva a nada, só causa desgastes. Cobramos que a Cemig seja transparente e sincera com a categoria eletricitária. E o Sindieletro repudia a falta de transparência da empresa em se negar a prestar todos os esclarecimentos, por escrito, mostrando, inclusive, o boleto de pagamento encaminhado à CEF. Não há motivo algum para a Cemig se negar a publicar os esclarecimentos e o comprovante de pagamento.

 

Fechar Menu