A diretoria do Sindieletro esteve reunida na tarde desta quarta-feira, 28, com diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago de Azevedo Camargo, com o coordenador do Comitê de Negociações, Anderson Ferreira, o gerente da RH/RT, Brunno Vianna, e com o deputado Estadual, Rogério Correia (PT), na sede da empresa.

O encontro foi marcado para cobrar diversas pautas da categoria que permanecem estagnadas na gestão da casa e, em especial, para reivindicar a resolução de três itens urgentes para os eletricitários e eletricitárias:

1) A transferência de trabalhadores (as) e o consequente fim das localidades da Cemig; 2) O recém-lançado PDVP, que inclui quitação plena dos direitos trabalhistas para quem efetuar adesão, inclusive para a base do Sindieletro (cujo ACT não prevê programas de desligamento e muito menos quitação de direitos) 3) Rever a implementação do novo plano na Cemig Saúde, criado exclusivamente para aplicar os reajustes diferenciados por faixa etária para os dependentes especiais.

Thiago recebeu todas as reivindicações das mãos dos dirigentes do Sindieletro e se comprometeu a levá-las para apreciação da Diretoria da empresa já na próxima segunda-feira, 2. Ele ainda se comprometeu a agendar um novo encontro com o Sindieletro, na próxima semana, para responder às reivindicações apresentadas.

Obs: Com relação ao PDVP, o Sindieletro orienta os trabalhadores (as) a não assinarem o termo de adesão enquanto não houver um posicionamento oficial da diretoria da Cemig em resposta às reivindicações do Sindicato.

Caso a resposta da empresa seja de manter o texto conforme divulgado recentemente, tomaremos as medidas jurídicas e políticas cabíveis.

Fechar Menu