Na quarta-feira, 21, Sindicato dos Urbanitários e Celpa Equatorial voltaram a reunir para tratar da Participação nos Lucros ou Resultados (PLR 2021). A empresa retirou a proposta de incluir a negociação da PLR na data-base. Mas manteve as outras duas propostas prejudiciais aos trabalhadores e trabalhadoras, que são a mudança da data limite de pagamento da PLR de 31 de março para 31 de maio e alterações no fator absenteísmo. Ela quer incluir faltas de meio expediente e atrasos. Outra reunião sobre a PLR está agendada para esta quarta-feira, 28.

Fonte: Ascom STIUPA

Fechar Menu