Há cinco anos os professores do Rio Grande do Sul recebem seus salários parcelados e assistem suas condições de trabalho serem cada vez mais precarizadas perante o (des)governo de Eduardo Leite (PSDB-RS). No entanto, a categoria protagoniza uma das maiores greves dos últimos anos no Estado devido a todos os problemas provocados pelas medidas adotadas pelo atual governo, impactando diretamente os professores e a todos aqueles que dependem da educação pública.

O SINDIÁGUA/RS manifesta seu amplo apoio a greve dos professores, pois a categoria possui inúmeras razões para promove-la, e todos nós da classe trabalhadora temos as mesmas razões para apoiá-la e lutar juntos pelos nossos direitos.

Fonte: Ascom Sindiágua-RS

Fechar Menu