O Sindeletro e a Ibitu Energia estão em processo de negociação sobre o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2021/2022. A primeira reunião aconteceu no dia 05/02 e a próxima está agendada para ocorrer no dia 03/03, após pedido de adiamento pela empresa. O sindicato está defendendo a pauta de reivindicações aprovada pelos trabalhadores em janeiro, que inclui reajuste salarial de 4% acima da inflação e piso salarial por cargo.

A segunda negociação estava programada para o dia 18/02, mas, às vésperas do encontro, a empresa solicitou adiamento para o dia 03/03 alegando que havia contratado uma consultoria para auxiliá-la nas negociações. O Sindeletro está atento e espera que este fato novo não seja um elemento dificultador para o processo negocial.

Na primeira negociação do dia 05/02, o Sindeletro apresentou e defendeu toda a pauta dos trabalhadores, a exemplo de: piso salarial por cargo; correção de distorções salariais;  reajuste salarial pelo IPCA + 4% de ganho real; vale refeição/alimentação de R$ 1.212,42; PLR de 2 folhas dividida igualmente entre os trabalhadores, sendo garantido o valor mínimo de R$ 5.500,00; representante sindical com garantia e liberação para participar das atividades sindicais; entre outros pontos. Foram cobrados ainda: implantação do plano de cargos e salários e pagamento retroativo do divisor de 180 para pessoal de escala.

Fonte: Ascom Sindeletro-CE

Fechar Menu