O Sindaema ganhou, em 2ª instância, o processo de periculosidade e insalubridade contra a Tubomills na terça-feira, dia 6, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES).
O vistoriantes e os bombeiros que pilotavam/pilotam moto podem passar a receber adicional de periculosidade.
Já bombeiros de água e esgoto e bombeiros que faziam recapeamento de asfalto podem ganhar adicional de insalubridade grau máximo (40%) e os bombeiros hidráulicos que trabalhavam somente com água teriam adicional de insalubridade grau médio (20%).
A Tubomills ainda pode recorrer da decisão.
Esse é um processo mais antigo, o mais recente é relativo à insalubridade para as funções de agente de sistema, pedreiros (e suas variantes nominais: I, II, líder), operadores de máquina e ajudantes práticos. A audiência está marcada para o dia 31 de maio, às 14 horas.
👉 PLR
Já na segunda-feira, dia 5, o Sindaema, representado pelo presidente João Ramos, participou de audiência sobre a PLR da Tubomills.
A empresa solicitou 10 dias para apresentar mais documentos, pedido que foi atendido pela juíza.
Depois desse prazo, fica a cargo da juíza proferir a sentença. Vamos aguardar e torcer!
Fechar Menu