O Senado vai realizar no dia 17, segunda-feira, sessão especial para homenagear o aniversário de 46 anos da Eletronorte. Criada em 20 de junho de 1973, com sede no Distrito Federal, a estatal gera e fornece energia elétrica para os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Mais de 15 milhões de pessoas se beneficiam da energia elétrica gerada pela Eletronorte em suas quatro hidrelétricas – Tucuruí (PA), a maior usina genuinamente brasileira e a quarta do mundo, Coaracy Nunes (AP), Samuel (RO) e Curuá-Una (PA) – e em parques termelétricos. A potência total instalada é de 9.052,50 megawatts e os sistemas de transmissão contam com mais de 11.807,32 quilômetros de linhas.

A Eletronorte é uma subsidiária da Eletrobras, e está incluída no pacote de privatização do governo Bolsonaro. A venda da empresa vai comprometer o desenvolvimento social e econômico nas regiões onde atua. Hoje, a estatal fomenta e desenvolve ações com a população que promove a inserção social das comunidades amazônicas. Além de ser fonte inesgotável de conhecimentos sobre a floresta, os rios e os povos, trabalhando os estudos científicos, a educação e a cultura local em sintonia com as políticas públicas existentes.

A participação dos trabalhadores e trabalhadoras no evento é fundamental para defender e contestar a privatização da Eletrobras Eletronorte. Desta forma, o STIU-DF convida a todos para comparecem na Sessão Especial do Senado Federal para comemorar o aniversário de 46 anos da estatal. Confirme sua presença no link https://bit.ly/2JUmF09 e convide os amigos.

A autoria do requerimento para realização da atividade foi feita pelos senadores Eduardo Braga (MDB/AM), Senador Roberto Rocha (PSDB/MA), Senador Paulo Rocha (PT/PA), Senador Luiz do Carmo (MDB/GO), Senador Humberto Costa (PT/PE), Senador Randolfe Rodrigues (REDE/AP).

Fonte: Roberta Quintino- Ascom STIUDF

Fechar Menu