O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), disse que quer privatizar estatal Cemig. Zema acrescentou que a operação não precisaria envolver uma venda completa da companhia até o final de sua administração e que o estado pode ser um “mero acionista”.

“Gostaria que durante minha gestão a empresa venha a ser privatizada. Talvez não vendida, mas que ela receba um aporte de capital e que o Estado, que sempre fez interferências indevidas na empresa, perca o controle”.

A afirmação foi feita durante o 26º Encontro Anual da Cemig com o Mercado de Capitais. “Desejo que a Cemig seja privada e o estado seja um mero acionista”.

Fonte: Robson Rodrigues, Agência Canal Energia

Fechar Menu