“Passado 7 de outubro, nossas categorias, tanto do setor de saneamento, como do setor elétrico, correm um grave risco com a retomado dos trabalhos legislativos, onde há um interesse muito grande daqueles deputados que perderam de quererem votar as medidas impopulares desse governo: privatização do sistema Eletrobras (PL 77/18) e também a MP 844/18, que privatiza o saneamento.” O alerta é do presidente da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, Pedro Blois.

Blois faz uma convocação aos urbanitário: “vamos ficar atentos e vigilantes para impedir a venda do patrimônio do povo brasileiro, pois sem esse patrimônio não há desenvolvimento para o país”.

Assista:

Venda das distribuidoras Eletrobras pode entrar na pauta do Senado nesta terça (9/10)
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, anunciou que as votações serão retomadas nesta terça-feira (9/10). A informação consta do portal do Senado, publicada no dia 4/10.

Na pauta do Plenário, está o projeto que vai facilitar a privatização de distribuidores da Eletrobras. O PLC 77/2018 regulamenta a privatização de distribuidoras da Eletrobras na região Norte do país. A aprovação do texto é o que falta para permitir ao governo vender a Amazonas Energia, distribuidora da estatal no Amazonas.

Diga NÃO à MP do Saneamento: vote na consulta pública do SenadoO Senado Federal abriu Consulta Pública sobre a medida provisória (MP 844/18), a chamada MP do Saneamento, que altera o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000, para atribuir à Agência Nacional de Águas competência para editar normas de referência nacionais sobre o serviço de saneamento.

Na prática, é a medida prevê a privatização do saneamento.

Vote contra essa medida na Consulta Pública do Senado.
Clique aqui para votar NÃO.

Mãos à obra. Vamos votar NÃO e pedir aos familiares e amigos para votarem NÃO também. Juntos vamos impedir a privatização do saneamento!

Leia a íntegra da MP do Saneamento: MP-844-18 – MP do Saneamento

Leia também:
Venda das distribuidoras Eletrobras pode entrar na pauta do Senado nesta terça (9/10)
 Haddad assina carta compromisso para não privatizar sistema Eletrobras e suas distribuidoras
. Haddad em carta aos urbanitários: “estaremos unidos na defesa do acesso à água e ao esgotamento sanitário”

Urbanitários em luta: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

Fechar Menu