29/08/2016

CEDAEANOS DE ITAPERUNA SE MOBILIZAM CONTRA A PRIVATIZAÇÃO

por: CUT-RJ

Trabalhadores da região noroeste do estado, se mobilizam para luta contra as investidas privatista do governo. Acontecendo nesta manhã de sexta 26/08, em Itaperuna, reunião entre o Sindicato dos Trabalhadores em Saneamento – Staecnon-RJ e os cedaeanos, com representação de Bom Jesus do Itabapoana e Miracema. Medidas e estratégias estão sendo traçadas para a grande concentração que acontecerá no próximo dia 06/09, no Rio de Janeiro, com concentração na Candelária e passeata até o BNDES. Iniciativas e ações estão sendo debatidas para que, unidos, tenhamos mais força na luta contra o fantasma do entreguismo.

 

19/08/2016

Governo Federal vai propor a Sergipe que privatize ou faça PPP da Deso

por: Aracaju notícias

A União planeja convencer os governos estaduais a privatizar as empresas de água e esgoto. Para isso, reforçará a ideia do governo do Rio de Janeiro de passar para uma empresa privada a Cedae. Depois, chamará, um a um, os demais governos estaduais para discutir a regulação do setor.

Em Sergipe. o governador Jackson Barreto (PMDB) mantém a disposição de não privatizar nada, inclusive a Deso.

Sobre a Deso, houve negociação com a Odebrecht para que a empreiteira topasse participar de um Programa de Parcerias Público-Privatizadas, mas a empresa só quis conversar com a garantia de ter 51% da Companhia de Saneamernto de Sergipe.

O governo recuou e só topou negociar PPP de 49%.

 

17/08/2016

Leilão da CELG é cancelado

Uma grande vitória dos trabalhadores foi o cancelamento do leilão da CELG que aconteceria no dia 19 de agosto. O BNDES comunicou em nota que não houve interessados

em particpar do processo. O STIUEG, a FNU, CNU e os movimentos sociais continuarão na luta para impedir que este patrimônio do Povo de  Goiás vá para mãos da iniciativa privada. No dia 19 haverá um grande ato dos trabalhadores na porta da empresa contra a sua venda.

 

10/08/2016

Cemig condenada a pagar diferença de horas extras

por: Sindieletro-MG

A Ação Coletiva proposta pelo Sindieletro (n.º 0000442-83.2013.5.03.0136), iniciada na 36ª Vara do Trabalho de BH/MG, resultou na condenação da Cemig para o pagamento de diferenças de horas extras pela não aplicação do divisor 200 no cálculo do salário-hora, para os eletricitários com jornada de 40 horas semanais.

Agora, o processo está em fase de execução provisória e garantiu o direito ao ressarcimento aos trabalhadores que receberam horas extras no período de 06/11/2007 até 11/09/2012.

A Cemig indicou no processo uma lista de 2.532 trabalhadores com direito ao ressarcimento. Para viabilizar essa execução, será preciso que o trabalhador contemplado assine e encaminhe o mais rápido possível para o Sindieletro uma Declaração de que ele está ciente da sentença e não possui ação individual com a mesma reivindicação. A declaração e a lista com os nomes estão disponíveis no site e nas regionais do Sindieletro. (Veja no rodapé da página)

Se eventualmente o trabalhador com o direito aos créditos não estiver na lista, ele deve também assinar a Declaração e enviar para o Sindieletro cópias de dois contracheques com horas extras pagas: um do período de 06/11/2007 até 11/09/2012 e um contracheque atual.

Excluídos
O Sindieletro lembra que estão excluídos da apuração de créditos para o ressarcimento pela não aplicação do Fator 200, os eletricitários com contratos de trabalho extintos antes de 06/11/2010 (prescrição bienal) e os que têm ou tiveram demanda judicial individual, com idênticos pedidos, ainda que as ações tenham sido julgadas improcedentes.

 

Fechar Menu