Segundo fala de Tarcísio de Freitas, número considera as subsidiárias de estatais como Eletrobras, BNDES, BB e Caixa

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta terça-feira (8/1) em entrevista à rádio CBN, que o governo federal pode privatizar ou liquidar cerca de 100 estatais, como forma de levantar recursos e reduzir gastos.

Segundo Freitas, o número pode ser alcançado se forem consideradas as subsidiárias em instituições estatais como Eletrobras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Brasil e Caixa.

“Obviamente a gente não está falando só de privatizações, mas também de liquidações de empresas que hoje não fazem tanto sentido, e o governo obviamente está levantando uma série de situações dessas para também promover liquidações, que de certa forma vão desonerar o Orçamento. Desonerando o Orçamento vai sobrando dinheiro para investir em outras prioridades”, disse Freitas.

O ministro também afirmou que seu ministério está estudando 5.600 quilômetros em novas concessões de rodovias, além de 4.000 quilômetros de concessões atuais que são alvo de planos de futura relicitação. (fonte: Exame)

Queremos saber:
Bolsonaro está descumprindo promessa de campanha eleitoral, durante a qual ele afirmou que não privatizaria o setor elétrico e, agora, sua equipe de governo diz que vai privatizar a Eletrobras…

Leia também:
Aeel classifica como “golpe” declarações do governo sobre privatização da Eletrobras  

Maioria da população rejeita privatizações, revela pesquisa
Distribuidoras da Eletrobras foram “doadas” e não vendidas

Urbanitários na resistência: contra à privatização do setor elétrico e do saneamento.
ÁGUA, ENERGIA E SANEAMENTO NÃO SÃO MERCADORIAS!

 

Fechar Menu