Não há como ir à guerra sem definir a tática a ser utilizada em cada batalha. Dentro desse propósito, a Intersindical Neoenergia se reuniu na manhã desta terça, 29, para discutir internamente as estratégias a serem utilizadas
na campanha. O encontro avaliou a conjuntura e as impressões após a reunião onde foi formalizada a
da entrega da pauta de reivindicação unificada da campanha salarial deste ano.
Neste encontro, participaram os dirigentes José Fernandes, Pedro Damásio e Benner Bezerra, pelo Sintern, Paulo de Tarso e Dailton Cerqueira, pelo Sinergia; José Holanda, Josenildo Rodrigues, Roberto Palma e Elton Barbosa,
pelo Sindurb. Sobre a reunião, é importante destacar o intenso debate dos dirigentes em relação ao panorama em que vai acontecer as negociações. “De um modo geral, essa reflexão é fundamental. Esta campanha ocorre em uma conjuntura totalmente inesperada em todos os aspectos. Esse cenário, portanto, exige dos dirigentes sabedoria e habilidade na condução do processo negocial, reconhecendo o momento, mas sabendo do potencial da holding.
Precisamos caminhar nesse limiar e dialogar de forma tranquila com os trabalhadores” , destacou o coordenador da Intersindical, José Fernandes.

PRORROGAÇÃO DO ACORDO
Na reunião, entre os diversos encaminhamentos, foi acertado que os sindicatos farão uma carta e um Termo Compromisso de prorrogação dos ACT’s até o fechamento do novo ACT, para ser entregue até o dia 30.09.2020.
Não fique desinformado! As informações da campanha você confere nos sites e nas redes sociais dos sindicatos.

Fechar Menu