A Eletrobras informou em comunicado ao mercado na última na segunda-feira, 5 de abril, que em razão da renúncia de Mauro Gentile Rodrigues da Cunha, que havia sido indicado pelo acionista controlador para ser reconduzido ao Conselho de Administração e pela indicação de Rodrigo Limp Nascimento como novo candidato para uma das vagas do controlador no CA, a estatal reapresentou a Proposta da Administração e o Boletim de Voto à Distância para a 61ª Assembleia Geral Ordinária. De acordo com a estatal, a reapresentação visa apenas alterar a deliberação paras as eleições de maneira a excluir Gentile e incluir o nome de Limp.

Com isso, os votos de Gentile serão desconsiderados. Já os votos conferidos aos demais candidatos que já estavam no boletim de voto a distância seguem válidos, exceto se o acionista encaminhar nova instrução de voto. Quem já encaminhou o voto e quiser alterá-lo, poderá fazê-lo até 20 de abril. Caso o acionista decida reapresentar a instrução de voto, é recomendável que encaminhe a nova decisão para o mesmo prestador de serviço usado no primeiro envio.

No comunicado, a Eletrobras ressalta que o nome de Limp já t foi analisado e aprovado pelo Comitê de Gestão, Elegibilidade, Sucessão e Remuneração da empresa. No entanto, a eficácia da opinião sobre elegibilidade relacionada ao candidato se encontra condicionada à efetiva aprovação prévia pela Casa Civil.

Fonte: Pedro Aurélio Teixeira, Agência Canal Energia

Fechar Menu