Na quinta-feira (01) os trabalhadores da CEB Distribuição realizam uma assembleia geral com um ato público, que será repetido na próxima semana. A pauta principal é a privatização da empresa que caminha bem rápido e que pode acontecer ainda neste ano. O ato será realizado a partir das 9 horas, na sede da companhia, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

O Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal é contra a venda que está sendo organizada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social a pedido do governo distrital. Nesta quarta-feira, será realizada uma reunião da diretoria do STIU-DF para definir um calendário de ações.

Os urbanitários reclamam que não houve discussão sobre a venda da empresa estatal, seja com a população, como com os deputados da Câmara Legislativa do DF. Em nota, o STIU-DF afirma “que querem promover um caos no atendimento do serviço de energia em Brasília, colocando em risco a população mais vulnerável. Além de criar uma situação de instabilidade na própria companhia”.

Nesta tarde, o diretor Jurídico do sindicato. João Carlos Dias, informou que o ato maior contra a venda CEB será realizado na próxima semana. “É para chamar a atenção da opinião pública”, segundo ele. A manifestação vai reunir outras entidades e políticos.

Fonte: Misto Brasília

Fechar Menu