Nesta quarta-feira, 12 de fevereiro, os trabalhadores e trabalhadoras da Cosanpa realizaram paralisação de 24hs, para que a empresa cumpra o acordo referente à data-base 2019, que foi acertado em mesa de negociação.

O presidente da FNU, Pedro Blois, que também é dirigente do Stiupa, parabeniza os trabalhadores e trabalhadoras “pela forte adesão e mobilização, que foi determinante para que a categoria mostrasse sua força de luta e saísse fortalecida e vitoriosa neste dia de protesto”.

Em boletim, o Stiupa informa que, caso a Cosanpa não cumpra o acordo, “vamos implementar a deliberação de paralisação de 48 horas nos dias 18 e 19 de fevereiro”.

Em dezembro/2019 ficou acertado que a proposta seria encaminhada ao governo do Estado para confirmação da implementação do percentual de 5,07% sobre todas as cláusulas econômicas, zerando as perdas do período.

Data-base 2020
Nesta quinta-feira (13/2), os urbanitários paraenses definem em assembleias a Pauta de Reivindicações para a data-base 2020. Após definida a pauta nas assembleias, ela será enviada à Cosanpa para ser objeto da negociação entre as partes. (com informações: Stiupa)

Fechar Menu