Para debater o tema da tentativa de privatização do que resta das estatais gaúchas estiveram reunidos na manhã desta terça, 01, na sede do SINDIÁGUA-RS em Porto Alegre, representantes dos Trabalhadores da Corsan e do Banrisul. Não se fazendo presente a representação do Sindppd (que representa a Procergs) pois esta estatal continua de greve e hoje pela manhã havia uma Assembleia da Categoria.

Os representantes sindicais entendem que esta é uma luta de todos os trabalhadores destas estatais. Por conta disso se faz necessário uma ação conjunta na tentativa de provocar o debate com o povo gaúcho, pois se depender do governo e sua base aliada na Assembleia Legislativa, este debate não acontecerá.
Dirigentes da FETRAFI, do SINDIBANCÁRIOS e do SINDIÁGUA deram início à construção de uma agenda conjunta para tentar barrar a aprovação da PEC proposta pelo Deputado Sérgio Turra do partido Progressistas. Esta PEC propõe acabar com a necessidade de plebiscito para o governo poder privatizar as estatais.

O Presidente do SINDIÁGUA se manifestou dizendo da importância da união dos Trabalhadores destas estatais.
“Esta é uma pauta que nos une, na luta pelos interesses do povo gaúcho. Na Corsan especificamente, este tema, ao exemplo da proposta de extinção dos triênios, é uma questão que afeta Trabalhadores de TODOS os setores da nossa Companhia. Ao privatizar, não fica ninguém dos funcionários. Portanto, não há desculpa para qualquer Trabalhador ficar fora do movimento. É demissão.” finalizou Leandro.

Participou da reunião também o representante do gabinete da Deputada Juliana Brizola, pois a deputada já conseguiu a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça da ALERGS para a realização de uma Audiência Pública para tratar do tema, com data ainda a ser marcada.

TRABALHADOR DA CORSAN: A CEEE, A CRM E A SULGÁS já estão prontas para privatizar e os seus funcionários tem o futuro muito incerto pois já se discute as formas de privatização.

Fonte: Ascom Sindiágua-RS

 

Fechar Menu