Entre os dias 5 e 10 deste mês, o Sindieletro realizou assembleias em todo o Estado para debater, definir e votar a Pauta de Reivindicações da categoria eletricitária para a Campanha Salarial 2018. Com a aprovação dos eletricitários e eletricitárias, nossa Pauta foi aprovada e entregue à direção da empresa nesta terça-feira, 11.

Quem recebeu os representantes do Sindieletro foi o diretor de Relações Institucionais e Comunicação, Thiago de Azevedo. “Entregamos a pauta, esclarecemos os pontos e cobramos uma negociação na semana que vem, para dar agilidade” informa o coordenador Geral do Sindieletro, Jefferson Silva.

A reunião ainda contou com a presença do diretor Jairo Nogueira e o economista do Dieese na subseção do Sindieletro, Carlos Machado. A nossa pauta é enxuta e cobra a devida valorização do conjunto dos trabalhadores, como forma de mitigar om impactos do golpe sobre o orçamento das famílias. Por isso, cobramos o aumento real e o abono em substituição à PLR 2017.

Além disso, a categoria reivindica pontos cruciais como a elaboração de uma política de combate ao assédio moral coletivo, um PCCR justo e transparente, garantia de emprego, correção da verba de alimentação a serviço da empresa, abertura de negociação sobre as demandas específicas da Forluz e Cemig Saúde e mobilidade dos aposentados tutelados para áreas sem risco.

Nossa campanha começou. A partir de agora, é fundamental que a categoria participe e opine nos debates das setoriais e assembleias. Mobilização, como sempre, é chave para avançar!

Fonte: Ascom Sindieletro-MG

Fechar Menu