Sem a análise dos vetos do presidente à Lei 14.026/2020 pelo Congresso Nacional, o caminho segue aberto para os leilões de privatização das empresas públicas de saneamento. Confira informações dos últimos dias:
➡ Piauí – Os municípios de Angical, Amarante, Barro Duro, Regeneração e São Pedro do Piauí assinaram, acordos de cooperação técnica com a Superintendência de Parcerias e Concessões – Suparc – para elaboração de estudos de Parcerias Público-Privadas (PPP).

➡ Rio de Janeiro – A coluna Radar Econômico (Veja) publicou esta semana que o BNDES, que está assessorando o processo de a privatização da Cedae – Companhia Estadual de Águas e Esgotos – apresentou os valores da privatização da estatal: R$ 40 bilhões, sendo R$ 10,6 bilhões no ato, a título de outorga, e R$ 30,2 bilhões em investimentos na distribuição de água, captação e tratamento de esgoto dos 12 milhões de habitantes da região metropolitana do Rio. Do volume de investimentos, 80% deverá ser feito nos 10 primeiros anos de concessão.

CLIQUE AQUI PARA ACESSSAR A PÁGINA DO BNDES – LEILÕES EM ANDAMENTO DAS COMPANHIAS DE SANEAMENTO.

Fonte: Site ONDAS – ondasbrasil.org

 

Fechar Menu