O Conselho de Administração da Energisa aprovou na última sexta-feira (29) a emissão de até R$ 500 milhões em debêntures, segundo informou a empresa na data de hoje por meio de comunicado ao mercado. Os recursos captados com a operação serão destinados ao financiamento de investimentos em projetos de infraestrutura nas duas novas empresas de distribuição adquiridas pelo grupo, a Eletroacre (AC) e a Ceron (RO). As companhias foram arrematadas pela holding em agosto do ano passado, após leilão de privatização das distribuidoras federalizadas ligadas ao Grupo Eletrobras.

As debêntures, que terão valor unitário de R$ 1 mil, serão do tipo simples, não conversíveis em ações e da espécie quirografária, corrigidas mensalmente pelo INPC. Será a 11ª emissão desses papeis por parte da holding. Ainda de acordo com a empresa, as debêntures terão prazo de vencimento de sete anos contados da data de emissão, prevista para o próximo dia 15 de abril. O CA autorizou a Diretoria Executiva da holding a contratar instituição financeira para realizar a oferta das debêntures, além de agente fiduciário, escriturador, assessores legais e agência de classificação de risco.

Fonte: Canal Energia

Fechar Menu