O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou nesta quarta-feira (21/2) ter dito que não há os votos necessários para aprovar a privatização da Eletrobras neste ano.

“Não é verdade”, disse Maia em mensagem à agência de notícias Reuters quando indagado sobre relato publicado em um blog de que teria feito a afirmação sobre falta de votos em uma reunião na manhã desta quarta-feira (21/2).

A privatização da Eletrobras é umas 15 matérias legislativas divulgadas nesta semana como prioritárias pelo governo Temer.

Mais cedo, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA), relator da proposta de privatização da Eletrobras, disse que a votação da matéria em comissão especial do Congresso deve ocorrer na primeira quinzena de abril. (fonte: Exame)

Estamos de olho!
Não à privatização da Eletrobras!
FNU na luta ao lado dos trabalhadores do setor elétrico

Fechar Menu