Diretores do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), estiveram reunidos com a Gerente de Gestão de Pessoas da Energisa, Mônica Cimonetti, segunda-feira última, dia 11, para tratar de várias questões relacionadas ao trabalho dos funcionários, conforme o ofício 0014/2019, encaminhado pelo Stiupb à empresa, detalhando o que poderia ser melhorado em relação aos profissionais.

No Documento, o Sindicato cobrou que sejam tomadas providências em relação aos riscos que correm Auxiliares Comerciais leituristas da Energisa quanto à realização do chamado corte simbólico ou no disjuntor por estes profissionais.

Na reunião, que contou com as presenças dos diretores: Adriano Teixeira, vice-presidente do Stiupb; Roberto Nóbrega, Valdemar Figueiredo e Guilherme Mateus, foram apresentadas demandas em relação à segurança no trabalho; botas, vestimentas e EPI’s (Equipamento de Proteção Individual), adequados; bem como foram colocados alguns pontos do último ACT que precisam ser colocados em prática.

Para a região de Araruna, foi reivindicado que a empresa identifique um dentista em benefício dos trabalhadores, a exemplo do que é feito em outras cidades.

Também foi tratada a questão do plano odontológico, no que foi solicitado revisão nesses planos: “Em Guarabira, por exemplo, estamos com mais um dentista a ser credenciado”, destacou Roberto, que representa a região do Brejo nas lutas do Stiupb.

A questão do empréstimo do Fundo de Garantia foi outro tema da reunião, mas a empresa prefere não discutir no momento, por conta do alto índice de inadimplência.

CORTE SIMBÓLICO – Por fim, na reunião, os diretores colocaram sobre os riscos vividos pelos profissionais quanto corte simbólico ou no disjuntor: foi posto pelo Stiupb que a forma como é feito esse corte está em desacordo com a Norma nº 10, já que há riscos de exposição. A direção da  Energisa ficou de estudar o assunto e vai se reunir novamente com o Sindicato posteriormente.

Todas as demandas apresentadas pelo Sindicato foram anotadas pela Gerente de Gestão, a qual se comprometeu apresentar as respostas numa nova reunião.

Fonte: Ascom Stiupb

Fechar Menu