Nesta sexta-feira (11/6), às 11h30, organizações e entidades dos movimentos sociais e sindical do Brasil e Canadá irão protocolar, de forma conjunta, carta denúncia dirigida ao primeiro-ministro Canadense, Justin Trudea, e ao CEOs dos fundos de pensão CPPIB e Alberta Investments – fundos canadenses controladores da IGUÁ SANEAMENTO, apontando irregularidades no processo de privatização da CEDAE, companhia de abastecimento do Rio de Janeiro. A IGUÁ foi uma das vencedoras do leilão da companhia, que ocorreu em 30 de abril último, e há indícios, até mesmo, de concorrência fraudada

As ações presenciais* no Brasil ocorrem em:
. Brasília – Embaixada do Canadá – Av. das Nações, Quadra 803, Lote 16
. São Paulo – sede do Fundo de Pensão Canadense que fica Avenida de Bridadeiro Faria Lima, 4.300 – Itaim Bibi.
. Rio de Janeiro – Consulado do Canadá –  Av. Atlântica, 1130 – Copacabana
*Importante seguir os protocolos de prevenção à Covid-19: use máscara e álcool em gel e mantenha distanciamento social

Na carta, as organizações e movimentos sociais do Brasil e Canadá demandam que o governo canadense e os fundos de pensão daquele país não permitam a assinatura do contrato entre a IGUÁ  e o Governo do Estado do Rio de Janeiro, previsto para ocorrer após o dia 15 de junho, até que as suspeições envolvendo o leilão da CEDAE sejam devidamente esclarecidas.

Vamos defender o saneamento público e o direito à água para todos!
Participe também do TUITAÇO – sexta-feira – 11/6 – 11h30
(horário de Brasília)
#️⃣ Use as tags:
#SuspendeLeilaoCedae
#ACedaeEdoPovo
#HandsOffOurWater
#CPPViolatesHumanRights

Leia:
O dinheiro da Previdência canadense está financiando as privatizações do governo Bolsonaro

 

 

Fechar Menu